terça-feira, 15 de dezembro de 2015

BE e PC viabilizam governo de Lidl

Portugueses acorrem em massa às lojas do grupo alemão e exigem ir viver para o interior dos supermercados lidl.

O Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português preparam-se para retirar o apoio ao governo de esquerda encabeçado pelo PS de António Costa e vão agora viabilizar um governo de Lidle, após a cadeia de supermercados ter decidido aumentar o salário mínimo dos seus funcionários para 600€. Milhares de portugueses encontravam-se, à hora do fecho desta edição, em frente às instalações das centenas de lojas existentes no país, tendo chegado a forçar a entrada em algumas delas, reclamando asilo económico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário