terça-feira, 12 de março de 2013

Macário tem mais perdas de mandato que mandatos e entra no guiness

O dia trouxe a notícia de que cientistas japoneses desenvolveram com sucesso uma experiência com o hidrato de metano, o que poderá permitir a exploração de uma alternativa aos combustíveis fósseis tradicionais. Hum? (Pausa) Agora, as notícias que verdadeiramente interessam: o Tribunal Constitucional confirmou a perda de mandato de Macário Correia à frente da autarquia de Faro. (Pausa) Já acabaram de rir? Não? Ok, mais um bocadinho então... (Pausa) Vamos lá então! Macário Correia já entrou no Guiness como o eleito que maior número de mandatos perdeu; aliás, Macário Correia já perdeu mais mandatos do que aqueles para os quais foi eleito, o que é uma matemática que só é possível na cabeça de Miguel Relvas ou então nos tribunais portugueses. Para quem ainda não conseguiu parar de rir, só mais uma informação para engatar uma gargalhada histérica na outra, que, dizem, não há melhor remédio: e o que é que Macário Correia fez quando soube de que a perda de mandato tinha sido mais uma vez confirmada? Tremeu?... Não! Acatou?... Não! Começou a fumar?... Ainda não! Meteu recurso. E meteu recurso para onde? Para o Supremo Tribunal Administrativo! Que quê? Que já o havia condenado a perda de mandato, razão pela qual Macário havia recorrido para o TC, que por sua vez acaba de confirmar a perda de mandato! Confuso? É normal, isto também não se chama "recurso", chama-se, como é?, looping e deixa as pessoas desorientadas e mal-dispostas! Miguel Relvas, entretanto, já terá dito sobre este caso que o seu colega de partido sempre pautou a sua vida pela busca permanente do conhecimento, e que é pena os tribunais não perceberem isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário