quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Passos salvífico e redentor!

O julgamento de Carlos Castro está a chegar ao fim e estima-se que o juri poderá chegar a uma sentença até ao final desta semana, isto, claro, se entretanto os jurados acordarem. Ao que parece, para o tribunal de Nova Iorque este julgamento tem sido uma óptima oportunidade para pôr o sono em dia e poupar energias para casos mais duros. Nem a saca-rolhas o advogado de Renato Seabra conseguiu, durante as três horas de alegações finais, arrancar os jurados do estado de torpor e sonolência em que se encontravam. Mas a Renato nem tudo tem corrido mal ultimamente. Graças a Deus!... Ainda assim, algum vento que sopra a favor do jovem manequim português: é que esta semana soube-se que um assassino pode ser herdeiro do conjuge que matou e receber uma pensão de sobrevivência da segurança social. Afinal, nem tudo são cortes! A malta estava com medo que o primeiro ministro anunciasse também cortes a este nível, mas, nestes casos em que é a vida das pessoas que está em causa, Passos Coelho foi humano... Ao menos isso, agora só falta os jurados acordarem bem dispostos, porque se acordarem com os pés de fora lá se vai a pensãosinha... Renato, vai daqui um conselho pra ti: nada de gastar a pensão toda em sapatilhas versace! Olha que aí na cadeia eles são meninos para achar isso pró esquisito. E abranda na medicação, que senão ainda ficas bom! E ninguém quer isso, muito menos tu! Agora, se não te importas, nós cá em Portugal estamos em crise e aqui corta-se tudo a eito! Aliás, como tu aí!... Nem toda a gente tem a sorte de ser o Billy the Kid fofinho do coração de alguém. Indo ao que aqui me trouxe: e a entrevista ontem de Passos Coelho? Ou como se diz em aramaico, menino Jesus! Aquilo é que foi dar prendas de natal antecipadas ao pessoal, ãh?! A entrevista foi gira, a toilete da Judite de Sousa e o penteado deve ser coisa para ter custado para cima de um orçamento anual do serviço nacional de saúde e, só em ordenados, ali naqueles três cadeirões, estavam para cima de umas dezenas de milhar de euros. Ah, lá estás tu a fazer humor populista! É assim, só não vos insulto em sânscrito por uma unha negra! Passos Coelho tem, pelo menos, e honra lhe seja feita por isso, um novo estilo de fazer política: o nosso primeiro ministro faz promessas e toda a gente sabe que ele as vai cumprir... Aumentar os impostos, diminuir os salários, as pensões sociais, introduzir portagens nas scuts que ainda não têm, etc., etc... Não há dúvidas de que ele cumprirá cada uma das suas promessas, e tem feito prova disso ao longo deste ano e meio de governação. Para mim, um dos momentos mais altos e até emocionantes da entrevista de ontem foi quando Passos Coelho garantiu de que vamos chegar vivos a 2014. É verdade que não se comprometeu com o estado em que chegaríamos vivos a 2014... Mas pelo menos da minha parte, que não sou mal agradecido, fica desde já o meu muito obrigado.  Não vá eu chegar a 2014 só em 2044 com Alzheimer ou afasia de Broca, e depois, já não podia agradecer! E eu não sou mal agradecido ou, como se diz em hebraico, fariseu!

Um comentário:

  1. Santinho!!! Ah,ah,ah!! Poisé, também tenho distúrbios!!! Ahahah!!! Boa semana. Beijinhos pra si e pra famelga.

    ResponderExcluir