domingo, 2 de março de 2014

Crónica em obras de remodelação! Pedimos desculpa pelo incómodo. Prometemos ser breves!

Desculpem a demora, mas estava para ali entretido a organizar a espécie humana por categorias, as mulheres para um lado, os homens para o outro, a filha do Nené para outro, mas cheguei ao José Castelo Branco e o sistema informático crashou. Já me tinha acontecido uma vez com o Ney Mato Grosso, mas na altura ainda trabalhava com um Macintosh e não havia internet e o virus acabou por entrar na linha de fax e sair pela torneira da cozinha. Acabei com uma inundação em casa e uma má-reputação que dura até hoje. Bem, vamos ao que interessa: se você é homem e fica com os pelos das costas arrepiados quando ouve Barry White mude o nome para Cláudio Ramos e abra uma loja de candys na baixa. Se você é homem e já deu por si a olhar mais do que uma fracção de segundos e com interesse para uma imagem do Michael Bolton compre uma peça de lingerie feminina e use-a por baixo da roupa de trabalho como se tudo dependesse desse fio dental entre as nádegas. Se você fosse homem para isso é que era! Se bem que se fosse homem nada disto seria necessário! Enfim, parece-me que estamos perante uma daquelas equações impossíveis da condição humana. Ui! Desculpem mais uma vez! Volto mais tarde que esta crónica não pega nem de empurrão! Ui! Desculpem o populismo. Prometo regressar com humor a sério sobre a condição humana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário