domingo, 16 de março de 2014

Associação Nacional de Professores de Matemática contra adopção em Lisboa da circulação alternada de carros com matrícula par e ímpar

Depois dos níveis assustadores de poluição do ar registados em Paris nos últimos dias, as autoridades locais decidiram temporariamente que nos dias ímpares poderão ser utilizados carros com matrículas ímpares e nos dias pares carros com matrículas pares nas ruas da capital francesa. Sob o slogan "óh Lisboa não sejas francesa", a Associação Nacional dos Professores de Matemática já se manifestou contra a aplicação da medida na capital portuguesa: "o bom senso e o histórico dos resultados dos exames nacionais de matemática nos 6.º, 9.º e 12.º anos mostram bem que uma tal medida introduzida em Lisboa lançaria o caos no trânsito, não apenas porque os automobilistas de hoje foram os examinandos de ontem, como os polícias de trânsito de hoje foram os examinandos de ontem". Fonte da ANPM disse mesmo que "Portugal não está preparado para uma medida com este grau de complexidade matemática, porque implica a aplicação de conceitos abstractos em contextos reais e em Portugal, para além de Eduardo Lourenço e do falecido Eduardo Prado Coelho, mais ninguém tem capacidade para tal". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário