segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Pai, o Tribunal Constitucional não existe!

Depois de milhares de crianças terem deixado de acreditar no Pai Natal ao longo de 2013, um estudo recente do eurostat veio revelar que isso se deve, na maior parte dos casos, ao facto de os pais que se faziam passar por Pai Natal se terem suicidado, estarem sob efeito de antidepressivos ou por terem emigrado para longe e não terem dinheiro para ir a casa no Natal. Segundo o mesmo estudo, os portugueses deixaram igualmente de acreditar no Tribunal Constitucional, depois deste ter aceite o aumento na função pública das 35 para as 40 horas de trabalho semanais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário