sábado, 23 de novembro de 2013

Cavaco Silva pede ao TC fiscalização preventiva da convergência de todas as pensões de alimentos pagas por Manuel Maria Carrilho

Depois de esta manhã ter pedido ao Tribunal Constitucional a fiscalização preventiva da convergência de pensões entre o sector público e privado, o Presidente da República não aproveitou a tarde de sol para passear e continuou a pedir coisas ao TC. De facto, o RdE sabe que Cavaco Silva se encontra desconfiado da inconstitucionalidade da convergência de todas as pensões de alimentos pagas por Manuel Maria Carrilho e quer que os juizes do Palácio Ratton fiscalizem preventivamente esta matéria. Cavaco quer saber ao certo quantas pensões são, qual o montante de cada uma e até que ponto é legítimo fazê-las convergir. Por seu turno, Maria Cavaco Silva quer saber todos os pormenores do acordo de divórcio de Manuel Maria Carrilho e Bárbara Guimarães, se o ex ministro da cultura é mesmo violento e se Bárbara anda mesmo com um grão na asa há um ano e, por isso, também ela requereu na qualidade de primeira dama a fiscalização dos juizes Ratton, que, segundo apuramos, já mandaram Gerónimo Stilton para o terreno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário