sábado, 30 de novembro de 2013

Ladrão de pizzas adolescente julgado por um colectivo de juizes

"Quem diz que a justiça portuguesa não funciona não sabe o que diz", quem o diz é a ministra da justiça, a propósito do caso do ladrão de pizzas, acusado de roubar a um estafeta duas pizzas familiares, um pão d'alho e uma garrafa de refrigerante, no valor aproximado de 30€. Tomando este caso como exemplo, Paula Teixeira da Cruz referiu que cada um dos três juízes do colectivo se debruçou sobre ingredientes diferentes da acusação: "um dos magistrados analisou o número de rodelas de pepperoni furtadas, um segundo juíz ficou-se pelos tipos de queijo e o terceiro debruçou-se sobre a massa e os cogumelos usados na confecção". Para Paula Teixeira da Cruz resulta evidente "a existência de um cúmplice, que ainda não foi possível identificar, uma vez que uma das pizzas tinha queijo e outra não, sendo que o arguido adora queijo", concluiu a ministra.

Cavaco Silva, o eufemista súbito!

Não se trata de acometer os reformados de "frustração súbita", mas de "morte súbita" que o senhor presidente, que também é um pensionista em dificuldades como já fez saber ao país, está a escamotear com um "eufemismo súbito". 

O país acorda todos os dias com a boca seca, o corpo dormente e ovos a estrelar no fígado e, enquanto isso, o Presidente da República anda numa azáfama de cartas para o Tribunal Constitucional a pedir prendas para o sapatinho dos portugueses. Deve ser por estar imbuído do espírito das iluminações de Natal que já mijam de luz o país - ou então é porque ainda acredita mesmo que o Tribunal Constitucional existe - que Cavaco Silva mandou um postalinho ao TC a dizer que se opõe ao "regime sacrificial" (amém) da convergência de pensões e que teme que esta "convergência" (ou como se diz em pensionês, "agarra que é ladrão") seja causadora de "frustração súbita" nos pensionistas. Eu não sei como é que hei-de dizer isto ao senhor presidente sem o magoar, e por isso vou dizê-lo à César das Neves, deixem-me só pegar na caixa de fósforos de acender fogueiras de queimar pessoas portuguesas que ganham o salário mínimo e têm a lata de se fazerem passar por pobres... Ora cá vai: não se trata de acometer os reformados de "frustração súbita", mas de "morte súbita" que o senhor presidente, que também é um pensionista em dificuldades como já fez saber ao país, está a escamotear com um "eufemismo súbito". Já sabíamos que o senhor presidente fazia comunicações ao país súbitas, agora não o sabíamos capaz da fina arte das matáforas (assim mesmo com á) e dos recursos estilísticos. Senhor Presidente, de todos os César das Neves que andam por aí eu prefiro o original, porque ao menos sei o que ele pensa, e tento defender-me... Já consigo controlar o vómito e conta-se pelos dedos das mãos os ataques de fúria sempre que alguém me diz as coisas que ele escreve. E repare que nem sequer tenho nada, mas nada, contra o Neves, a não ser o facto de ele teimar em pesar os portugueses na balança comercial, dormir com uma fotografia do Fernando Ulrich em cima da mesinha-de-cabeceira que fica do lado direito da cama, e nem sequer ter mesinha-de-cabeceira do lado esquerdo. O facto de o Neves estar sempre a dormir para o mesmo lado chateia-me, mas como é para o outro lado, não incomoda assim por aí além. Agora, que o senhor presidente cometa a desfaçatez de dormir virado para os portugueses, isso a mim, enquanto português, já me chateia um bocadinho. O que eu gostava de ver era um "presidente súbito", quer fosse cá por convergências, quer fosse cá por conveniências, quer fosse cá por coisas.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Ministério da Educação tem na calha um exame da 4.ª classe para professores dos quadros

Depois de ter implementado a Prova de Avaliação de Conhecimentos e Capacidades (PACC, ou como dizem os professores, 567wjsh63jshys7 VAI MASÉPASTAR_ÓCRATO876543 4( /& 6/&/)eJUI) para despachar os professores contratados e sacar-lhes os 20€ que ainda lhes restavam para pagar a renda, a água e a luz, o RdE sabe que o Ministério da Educação está neste momento a preparar um exame da quarta classe para professores dos quadros do ministério. Segundo fonte anónima, que para ser coerente consigo mesma, não se quis identificar, "nós aqui na 5 de Outubro andamos desconfiados que há professores do quadro que não sabem ler nem escrever". Esta fonte foi ainda mais longe (olha ela ali, já vai no Saldanha, agora! Olha! Olha, já a descer a Avenida!) e disse taxativamente: "se há alunos que chegam ao 9.º ano sem saber ler nem escrever, tiveram de aprender isso com alguém, não lhe parece?!".

Faça 2 PACC e pague 1 disponível nas lojas Pingo Doce na secção de despedimentos coletivos

Todos os professores contratados que se quiserem candidatar à Prova de Avaliação de Conhecimentos e Capacidades (PACC) em mais do que uma área curricular poderão obter um desconto imediato de 12,5% se procederem à sua inscrição numa loja Pingo Doce. Assim, um professor que se candidate à PACC apenas numa área disciplinar terá de desembolsar 20€, ao passo que um outro que se pretenda candidatar à docência de duas áreas distintas pagará apenas 35€, o que representa um desconto na ordem dos 12,5%. O ministério da educação ainda não revelou, mas o RdE sabe que a tutela prevê uma campanha de promoções de despedimento colectivo de professores ainda mais agressiva à medida que se aproxima o Natal, com descontos em cartão que poderão chegar aos 75%. 

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

"ÉS O MELHOR MINISTRO DA EDUCAÇÃO DO MUNDO, CA.....!"

A prova não permite detectar professores com muitas capacidades e muitos conhecimentos nem professores com poucas capacidades e poucos conhecimentos, mas permite detectar ministros com poucas capacidades e escassos conhecimentos.


Hoje acordei tão homofóbico, tão homofóbico, tão homofófico... tãoooo homofóbico, que Deus me perdoe! (Pausa) Ah ele perdoa?, Não se importa, é?, Ah, assim é que está bem?, Ok. A este tipo de acordar (estive a pensar) não deve ser alheio o facto de ter passado a noite a sonhar com o ministro da educação da Suécia, Nuno Crato, a brincar nas diversões da Euro Disney apenas de tanguinha leopardo, fazendo-se acompanhar do rato Mickey, que tinha ainda a voz do Walt Disney, mas que antes de aparecer no meu sonho passou pelo roupeiro do José Castelo Branco e levou umas pecinhas. Eu não tenho nada contra o rato Mickey, muito menos contra o José Castelo Branco, até porque acho que os ratos e as mulheres têm um papel na sociedade cada vez mais importante, agora, não posso com ministros da educação nórdicos, e dentre estes, desgosto particularmente dos ministros da educação nórdicos que aprenderam a falar mais ou menos português e compraram um ministério na 5 de Outubro para morar, cheio de criados. Por isso, senhor ministro, da próxima vez que decidir aparecer num sonho meu, ao menos, vista-se! Eu sou uma pessoa séria e tenho sonhos sérios e o mínimo que as pessoas que aparecem nos meus sonhos têm de fazer é serem sérias. Por isso, senhor ministro, seja sério! Por falar em tangas, estive a debruçar-me sobre um guião de prova de avaliação de conhecimentos e capacidades para professores, ou como diz Crato, para coisinhos, e aquilo é de um nível tão superior, tão superior, tão superior, que acabei por cair para dentro da prova e bater com a cabeça no item número quatro, que era nada mais nada menos, do que um excerto de um texto do Peter Brook. A sorte é que o texto se chamava "o espaço vazio" e não me aleijei. Mas fiquei cheio de doenças oncológicas nos olhos. Estive a analisar a prova e cheguei à conclusão que toda ela é um espaço vazio com cinco páginas e que o facto de ser um exame que avalia as capacidades, por um lado, e os conhecimentos, por outro, vai permitir distinguir os professores que têm capacidades, mas parcos conhecimentos e correr com eles. A prova vai também permitir deixar nas escolas os professores com muitos conhecimentos e mais de 60 anos de idade, mas já com poucas capacidades. Há quem ache bom, há quem ache mau e há quem ache %&/HYG GTYUI &%/YUT_VAIMASÉPASTARÓCRATO_H84USTEHJH! Em princípio, o ratio será de um professor idoso para cada 40 alunos, sendo que o professor não poderá lançar milho aos alunos nem organizar torneios de sueca dentro da componente lectiva. A prova não permite detectar professores com muitas capacidades e muitos conhecimentos nem professores com poucas capacidades e poucos conhecimentos, mas permite detectar ministros com poucas capacidades e escassos conhecimentos. E isso é bom. Eu acho que o sonho do ministério da educação era que a prova funcionasse como uma espécie de detector de metais que apitasse mal um professor incompetente começasse a tentar resolvê-la e salivasse. Mas não funciona. Lá no fundo, lá no fundo, a única coisa que eu tenho contra a prova é que não serve para nada a não ser sacar 20€ a cada professor! De resto, nada contra.

sábado, 23 de novembro de 2013

Identificado autor da frase " - És o melhor do mundo, Ca.....!" durante flash interview de Ronaldo

O RdE acabou de identificar o autor da frase lançada a Cristiano Ronaldo durante o flash interview à RTP, logo após o Suécia-Portugal da passada terça-feira. Recorde-se que Ronaldo foi interrompido por alguém que lhe disse: " - És o melhor do mundo, Ca.....", mas só agora foi possível descobrir que foi Leonel Messi o autor da dita frase. Para a conseguir proferir num português perfeito, Messi teve aulas de português (é como quem diz), respectivamente, com Fernando Couto, Jorge Costa, Paulinho Santos e Sá Pinto, os maiores especialistas nacionais neste tipo de poesia.

Blatter pede desculpa a Ronaldo mas mantém tudo o que disse

Joseph Blatter pediu desculpa a Ronaldo por tudo o que disse sobre ele e, sobretudo, pela forma trocista como o disse, mas sublinha "que voltaria a dizer o mesmo, exactamente da mesma forma. E depois, voltaria a pedir desculpa ao Ronaldo, porque isso de gozar com as pessoas não se faz". Questionado pelos jornalistas sobre a falta de sentido do que acabava de dizer, Sepp Blatter foi claro: "ustemshdmslzoewm zm kidujdm ju tenshds  jhjjd ? $%&mdequeganheoMessimnxdjh "#$kjduyd!". 

Blatter diz que "Messi é tão bom menino que quer que Ronaldo ganhe a Bola de Ouro"

Joseff Blatter tentou explicar as declarações encomiosas de Messi sobre Cristiano Ronaldo na passada sexta-feira durante a entrega do troféu de melhor marcador da Europa na época passada. Sentado em cima de um unicórnio luminoso e com um chapéu semelhante ao do bruxo de Fafe, enquanto imitava um ornitorrinco com febre de quarenta, o presidente da Fifa disse que "Messi é tão bom menino, tão bom menino, tão bom menino, que quer que seja Ronaldo a ganhar a Bola de Ouro". Sobre o blaser envergado pelo jogador argentino durante a cerimónia, Blatter passou a palavra ao unicórnio, que disse: "Iiiiiiibrrrrrr".   

Paulo Portas demitiu-se irrevogavelmente por 17 vezes desde 2 de Julho

O vice Primeiro Ministro ter-se-á demitido de forma irrevogável pela 17.ª vez ontem mesmo, após mais uma crise, no caso, de dentes, que o tem apoquentado ultimamente. Segundo conseguimos apurar, o último pedido de demissão irrevogável de Paulo Portas terá dado entrada ontem à noite no gabinete do Primeiro Ministro, via carta entregue em mãos pela coruja Hedwig, que já pertenceu ao feiticeiro Harry Potter, pelas 22 horas, e saído pelas duas da madrugada de hoje. Passos Coelho terá lido as razões de Portas, voltado a colocar a carta no sobrescrito, juntamente com um analgésico forte, e devolvido a Hedwig a carta, que a levou de volta ao vice primeiro ministro, que apresentou melhoras significativas e já esta manhã voltou ao activo.

Blague do dia

Eu sou tão humorista, mas tão humorista, mas tão humorista, que me rio só de pensar nisso.

Comissão parlamentar de inquérito ao acordo de divórcio entre Manuel Maria Carrilho e Bárbara Guimarães chama redacção da Caras a prestar esclarecimentos

Depois de terem sido tornados públicos os detalhes do acordo de divórcio entre Manuel Maria Carrilho e Bárbara Guimarães, foi constituída uma comissão parlamentar de inquérito sobre esta matéria a pedido de todos os partidos com assento na Assembleia da República. O objectivo é tornar públicos os dois, talvez três pormenores íntimos da vida do casal que o casal ainda não tornou públicos. Para ajudar a esclarecer os deputados, foram chamados a prestar declarações todos os jornalistas (que é como quem diz) da redacção da Caras e do Correio da Manhã. 

Cavaco Silva pede ao TC fiscalização preventiva da convergência de todas as pensões de alimentos pagas por Manuel Maria Carrilho

Depois de esta manhã ter pedido ao Tribunal Constitucional a fiscalização preventiva da convergência de pensões entre o sector público e privado, o Presidente da República não aproveitou a tarde de sol para passear e continuou a pedir coisas ao TC. De facto, o RdE sabe que Cavaco Silva se encontra desconfiado da inconstitucionalidade da convergência de todas as pensões de alimentos pagas por Manuel Maria Carrilho e quer que os juizes do Palácio Ratton fiscalizem preventivamente esta matéria. Cavaco quer saber ao certo quantas pensões são, qual o montante de cada uma e até que ponto é legítimo fazê-las convergir. Por seu turno, Maria Cavaco Silva quer saber todos os pormenores do acordo de divórcio de Manuel Maria Carrilho e Bárbara Guimarães, se o ex ministro da cultura é mesmo violento e se Bárbara anda mesmo com um grão na asa há um ano e, por isso, também ela requereu na qualidade de primeira dama a fiscalização dos juizes Ratton, que, segundo apuramos, já mandaram Gerónimo Stilton para o terreno.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Blatter pensa que Ronaldo só marcou três golos porque é um exibicionista...

O presidente da FIFA, mundialmente conhecido por dizer e, sobretudo, coreografar o que pensa  sobre Cristiano Ronaldo pensou ontem, embora ainda não o tenha dito ou coreografado, que "Ronaldo só marcou um hat-trick na segunda mão do play off com a Suécia porque é um exibicionista, um fanfarrão e um vaidoso". O homem forte da FIFA pensa ainda que "se fosse o Messi nunca teria sido decisivo num jogo decisivo porque não é exibicionista". Quanto às declarações de Zlatan Ibrahimovic, que disse, depois da eliminação frente a Portugal, que não iria ver o mundial pois "eu não vou estar presente", Blatter pensa que "Zlatan é um bom menino, só é pena é ser tão alto e vistoso, mas não é um exibicionista, um pretensioso e um fanfarrão como o Cristiano Ronaldo". 

Ministro Crato apoiou Suécia e vibrou com os golos de Ibra...

O RdE sabe que Nuno Crato assistiu ao Suécia-Portugal em local incerto, provavelmente, na sede da embaixada da Suécia, em Lisboa, e festejou efusivamente os golos do avançado Zlatan Ibrahimovic. Segundo fontes, e também segundo os comprimidos que o jornalista desta peça anda a tomar, o ministro da educação terá vibrado com a reviravolta momentânea do resultado e terá dito alto e bom som naquele sueco perfeito em que ele discursa e legisla: "Detta är beviset på den skandinaviska modellen är mycket högre än i Medelhavet, och det är därför jag vill ha ett svenskt skola där innan det fanns en portugisisk ". Sobre que seleção irá apoiar no mundial do Brasil, Crato foi muito sueco: "tyskland"!
 
 

sábado, 16 de novembro de 2013

"Панк-молебен "Богородица, Путина прогони"

Esta semana foi tão pussy riot, tão pussy riot, tão pussy riot que nem sei por odne cmoeaçr. Desculpem, até torco a odrem dsa aplavrsa e todu. Para já, gostaria de pedir desculpa pela longa ausência, mas é que cravei o escroto no chão da cozinha com uma cavilha de 10 centímetros. Isto foi na terça-feira depois de escutar o ministro da educação Nuno Crato a falar (é uma maneira de dizer) naquele sueco perfeito a que ele já nos habituou e só agora é que a equipa de desencarceramento dos bombeiros sapadores saiu cá de casa. Não, 'tá tudo em ordem, estou a recuperar bem e os médicos dizem que lá para 2016 vou voltar a andar sem dores. Um homem tem que fazer o que um homem tem que fazer ou em Machete um homem tem que dizer o que um homem tem que dizer. Mas voltemos a Crato: esta semana, na praça vermelha da minha casa, que fica na cozinha, ouvi na telefonia o senhor ministro da educação a dizer que a "maioria dos professores concorda com a prova" de avaliação de conhecimentos e capacidades". Faz sentido, e tenho a certeza de que se propuserem uma prova de avaliação de conhecimentos e capacidades para médicos eles também vão compreender a lógica e perceber que para continuarem a diagnosticar, prescrever e operar ao fim de 10, 20, 30 anos de exercício da profissão vão ter de fazer um examezinho. Aliás, tenho a certeza de que se propusessem uma prova do género para políticos Crato seria o primeiro a manifestar o seu acordo e em fazer a prova sem a considerar um atestado de menoridade à sua formação inicial, ao seu currículo e ao seu percurso. Eu próprio ainda ontem discursei cá em casa - com o escroto ainda encarcerado no chão da cozinha e o sacana do tobias, o gato, sempre a rondar perigosamente - e afirmei naquela voz de passarinho que tenho desde terça que "a maioria dos professores do ensino básico e secundário concorda que o senhor ministro da educação precisa de levar uns açoites no rabo pois anda a comportar-se muito mal". Agora, gostava de terminar com um ditado indiano muito antigo. Mas não conheço nenhum. Por isso, acabo com uma canção das pussy riot - o título desta crónica - e votos de uma escola sueca para cada estudante português. (ouve-se tema das pussy riot)

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Centros de emprego disponibilizam formulário de candidatura ao Prémio Leya

O governo português deu instruções a todos os centros de emprego existentes no país para disponibilizarem em suporte papel e digital o formulário de candidatura ao Prémio Leya, depois de João Pedro Ricardo (2011), e agora Gabriela Ruivo Trindade, ambos desempregados, terem vencido o ambicionado prémio literário, no valor de 100 mil Euros. Segundo fonte oficial, mas que não se quis identificar, "o Prémio Leya é já uma das melhores alternativas ao desemprego de longa duração, pelo que o governo aconselha todos os desempregados com a escolaridade mínima - e que tenham lido pelo menos um livro na vida - a escreverem um romance... Já se sabe que não é um emprego a sério, mas sempre dá para equilibrar as contas e é um balão de oxigénio para pensar no futuro com mais calma".

terça-feira, 5 de novembro de 2013

O melhor dos mundos possíveis é em África, Leibniz

"Um ano a trabalhar sem comer" para pagar a dívida seria a receita de Nuno Crato para pagar a dívida, e, e... Se calhar, não chegava. Enquanto o ouvinte limpa o cancro dos ouvidos eu fico aqui à espera. Já está? Ainda estou a ver aí um bocadinho de cera... Isso, vá, agora sim. O ouvinte ouviu bem, o ministro da educação disse mesmo isso, à laia de coisa esperta de se dizer, é certo, mas disse. Manuela Ferreira Leite também disse numa maneira de dizer muito dela que se suspendia a democracia seis meses, mas disse. Se calhar, as pessoas ficarem um ano sem comer - para mais a trabalhar - não pode ser... Digo eu. Mas seria o ideal, num mundo perfeito em que dez milhões de portugueses estivessem dispostos a dar a vida para que a classe política sobrevivesse e continuasse a história desta espécie de gente... Dez milhões de Messias, prontos a dar a vida pela máquina do Estado. Ao fim de um ano, o (c)ratinho no estômago de cada português teria o tamanho e aspecto de Nuno Crato. Um Nuno Crato a crescer no estômago de cada português é o máximo que cada português pode desejar para a sua vida. Ah, e que vida de sucesso seria essa, tão melhor do que esta! Para a indústria alimentar é que talvez fosse chato, mas pela dívida faria maravilhas. Melhor que isso só dois anos sem comer... Isso é que era... Gente a morrer à fome não recebe subsídio de desemprego, rendimento mínimo, não vai ao médico e não chega à idade da reforma. Como é bonito sonhar com um mundo melhor... Com o exemplo do ministro Crato aprendemos a sonhar... Se se tira o sonho a um homem tira-se-lhe tudo, não é senhor ministro? No sector da educação, então, faria maravilhas: os alunos a chegarem inconscientes à escola de ambulância para melhor aprender e a assistirem às aulas de maca. E sem açúcar no sangue não há indisciplina... Seria a escola perfeita: sem professores, alunos que dessem por isso e nada de "PASSA PARA CÁ O TELEMÓVEL JÁ, PROFE"! Ah, que bonita é a paisagem africana, esse continente tão maravilhoso onde morrem de fome milhões de pessoas todos os anos em nome, com certeza, da dívida e do crescimento económico. Que bem tem feito à dívida africana a fome africana... Ah, se ao menos Portugal e a Europa pudessem seguir-lhe as pisadas, ah Leibniz, que Cândido foste...

sábado, 2 de novembro de 2013

Vaticano mostra a abertura a casamento gay entre pessoas da mesma religião

Depois de se saber que o Papa Francisco quer auscultar os católicos heterossexuais sobre o casamento gay, o RdE fez a sua própria investigação e descobriu que "existe total abertura" por parte das cúpulas da Igreja para aceitar o casamento gay mas apenas entre pessoas da mesma religião. Segundo a mesma fonte, a hierarquia da Igreja Católica só não decidiu ainda "qual é a religião" em que aceita que pessoas do mesmo sexo se casem. Pessoas do mesmo sexo e de religiões diferentes um pouco por todo o mundo já reagiram e disseram que se trata de "mais um anacronismo cultural" e que a Igreja Católica "tem de aceitar de uma vez por todas o casamento gay entre pessoas do mesmo sexo, o casamento gay entre pessoas de sexos diferentes mas com a mesma religião, e vice versa, sobretudo, versa".

Bárbara foi de Carrilho...

O mundo está de pernas para o ar: Damasco, Tripoli, Lampedusa, a casa de Bárbara Guimarães...

(Esta crónica continuava por aí a fora, mas o nível cultural intrínseco da mesma não fazia jus aos dois protagonistas, duas figuras tão importantes da cultura portuguesa - a ponto de uma delas já a ter ministrado - que não mereciam o que aqui não está escrito. Além disso, o que eu queria mesmo era fazer o trocadilho do título, mais nada.)

Sócrates chega às 400 citações em 20 minutos de entrevista e bate novo recorde mundial, que pertencia a um tio meu que era viciado em citações de Dalai Lama

O ex Primeiro Ministro de Portugal, e único filósofo vivo sem pensamento próprio... ainda, foi entrevistado por Daniel Oliveira no "Alta Definição", mítico espaço de entrevistas intimistas, onde os entrevistados são convidados a despirem a alma. Durante os cerca de 20 minutos de emissão, José Sócrates citou sem descanso Ana Arendt, Nietzsche, Le Bon, Churchill e João Pinto, antigo lateral direito do FC Porto e da Seleção Nacional, ao lembrar o famoso pensamento do mítico número dois dos dragões: "prognósticos, só no fim do jogo". Se para os críticos, foram dois anos de filosofia para terminar a citar João Pinto, para os apologistas de Sócrates, tratou-se do "descer à terra" do Ex Primeiro Ministro e do "regresso do filho pródigo" em (le) bon. 

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Factor X

A Amy Winehouse está viva e podemos vê-la na Sic, todos os domingos à noite no Factor X onde é jurada.