sábado, 13 de abril de 2013

O pós crise é um lugar, fica no Alentejo e custa uma bagatela!

Quando nada o faria esperar, o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, e o ministro da economia, Álvaro Santos Pereira, descobriram onde fica o fim da crise.

É isso mesmo, num momento em que se vive uma crise política e institucional no país, em que o défice se agrava, o orçamento não passa e o desemprego dispara, o ministro Paulo Portas veio ontem a Portugal para dizer onde fica o "Pós Crise": fica na Herdade da Comporta Dunes, na Costa Alentejana, e custa apenas 92 milhões de Euros, ou seja, um grão nos 75 mil milhões do valor do Resgate a Portugal. Nesta missão heroica, Portas contou com a ajuda preciosa de Álvaro Santos Pereira, que não fez nem disse nada, a não ser "pós crise" repetidamente. Portas pediu ao Estado para "facilitar, facilitar, facilitar" e apontou o caminho: "o que o país precisa para sair da crise é de um hotel de luxo e uma ida ao cabeleireiro, que os portugueses penteiam-se muito mal, que horror!".
Notícia ficcionada

Nenhum comentário:

Postar um comentário