sexta-feira, 22 de março de 2013

ONU medeia conflito entre governo e o governo

As Nações Unidas acabam de designar o seu próprio Secretário-Geral para mediar o conflito cada vez mais aceso entre as previsões económicas do governo e o real estado da economia. Para além de Ban Ki-moon, ou como eu escrevia antes de ir ver à net - Banki imune -, a ONU nomeou ainda o anterior Secretário-Geral, Kofi Annan, o Alto Comissário para os Refugiados, António Guterres, o ex presidente norte-americano, Jimmy Carter, e o falecido Isaac Rabin, caso o conflito se revele fatal para a economia portuguesa. Segundo conseguimos apurar junto de fonte próxima das Nações Unidas, as figuras em causa foram escolhidas tendo em conta o seu percurso, a experiência em resolução de conflitos nos cenários mais difíceis e o facto de todos eles privilegiarem o diálogo. Segundo Ban Ki-moon, prevê-se "uma tarefa difícil, sobretudo, nas clivagens enormes cavadas no discurso do ministro das finanças, Vítor Gaspar, entre o que a economia portuguesa é e o que ela seria nas suas previsões".
Notícia ficcionada

Nenhum comentário:

Postar um comentário