terça-feira, 22 de janeiro de 2013

O coelho do pijama às riscas

Depois do sucesso que foi o livro - e depois o filme - surge agora a versão da história de John Boyne, escrita por Alberto João Jardim. Chama-se "O Coelho do Pijama às Riscas" e conta a vida de um Coelho que vive do lado de dentro do parlamento da Madeira. Com efeito, o deputado regional José Manuel Coelho apareceu hoje na sessão parlamentar vestido de presidiário, protestando contra uma condenação em tribunal depois de um processo movido pelo presidente do governo regional da Madeira. Quando Coelho entrou na sala do parlamento vestido de presidiário a sala dividiu-se a meio: de um lado o parlamento inteiro a rir, do outro José Manuel Coelho, também a rir. A separá-los uma linha muito ténue... Entretanto a mulher do deputado madeirense já veio desculpá-lo, dizendo que há já algum tempo que o marido sai de casa de pijama e chinelos, e às vezes até fala sozinho.
Por H.G.P.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Seguro atravessa-se com promessas

Afinal, as alternativas de António José Seguro para contrapor à linha de actuação que tem vindo a ser seguida pelo actual governo passam por aumentar os impostos. Sobre matéria fiscal, Seguro disse ainda que se não aumentar os impostos, pode desde já garantir aos portugueses que os irá pelo menos manter, uma vez que tem a certeza de que jamais os descerá. Esta é uma resposta inequívoca por parte do líder socialista a quem o tem acusado de não ter alternativa credível às políticas de austeridade impostas pelo actual executivo liderado por Pedro Passos Coelho. Seguro quis ainda serenar os funcionários do sector público, tendo já adiantado que a alternativa ao mais do que provável fim da ADSE -  o sub sistema de saúde dos trabalhadores da função pública - é o fim inequívoco da ADSE. Seguro explicou a razão desta medida: não faz sentido ter um sub-sistema de saúde para funcionários públicos se vamos acabar com os funcionários públicos. O líder socialista disse ainda ?!"#$%&/()=', mas já ia a fugir e não conseguimos apanhar bem este som. Entretanto, Miguel Relvas já reagiu a estas declarações do líder socialista, dizendo que é fácil prometer coisas quando se está na oposição, mas quando se é governo é que se vê como elas mordem! Relvas falava naquele seu estilo eloquente que aprendeu ainda nos bancos da faculdade. 
Por H.G.P.

Pedro Passos Coelho nada António José

A coligação PSD-CDS encontra-se a passar pelo seu momento mais complicado desde que o governo iniciou funções, tudo por causa da mais do que provável cisão entre os dois partidos da maioria em relação ao candidato a apresentar ao Porto nas próximas eleições autárquicas. O PSD apoia Luís Filipe Meneses, o CDS quer apoiar Rui Moreira... Pedro Passos Coelho não está nada António José em relação a Paulo Portas. Para o PS este cenário é completamente pizarro, desculpem mas estou extremamente constipado, deixando os socialistas à beira de regressar à liderança do município portuense, contra todas as expectativas.
Por H.G.P.

Crónica de circunstância

E então?!

domingo, 20 de janeiro de 2013

Macário Correia confunde PDM com PPR

Autarca farense perde mandato à frente da câmara municipal de Faro ao tentar fazer alterações à apólice do seu Plano Poupança Reforma. Ao mexer na aplicação do seu PPR, o edil pressionou uma combinação de teclas quer terá provocado uma alteração inofensiva do PDM e ainda uma aceleração inusitada da queda de cabelo do próprio autarca, que em consequência disso terá começado a fumar cigarros de mentol e a beijar homens em vez de mulheres, pelo sim, pelo não. Ou então não foi nada disto, mas podia ter sido.
Por H.G.P.

Estado de saúde de Mário Soares anima mercados

Desde que foi internado com uma gripe no hospital da Luz, que é uma espécie de "Fama Show em cuidados de saúde", que Mário Soares não produz qualquer juizo negativo sobre a ditadura dos mercados financeiros e a perda de soberania dos estados-membro da União Europeia, ou como se dizia antigamente, União Prussiana. Este facto levou a que Portugal conseguisse colocar dívida nos mercados secundários a preços muito interessantes, pelo que se aguarda com natural expectativa nos meios financeiros o próximo boletim clínico do antigo presidente da república.
Por H.G.P.

Macário Correia fuma às escondidas

Macário Correia foi apanhado a fumar às escondidas no hall da câmara municipal de Faro. A lei proíbe que se fume em locais públicos, mas o autarca já veio negar todos os factos que lhe foram imputados, e disse que a única vez que fumou na vida foi aos 15 anos, durante um linguado com uma rapariga que andava na mesma turma. A única coisa que admite ter feito foi mexer no PDM sem querer, mas isso pode acontecer a qualquer um! Disse ainda que o que acontece no átrio de entrada da câmara municipal fica no átrio de entrada da câmara municipal. Já à saída do edifício camarário, negou a não existência de deus e queimou uma fotografia de Janis Joplin. Quando questionado pelos jornalistas porque razão queimava ele o retrato da famosa cantora americana, respondeu: porque já lhe tinham acabado as fotos da Simone de Beauvoir.
Por H.G.P.

sábado, 19 de janeiro de 2013

Afinal, Passos Coelho não é bruxo

Contra todas as expectativas, o Primeiro-Ministro revelou ontem no parlamento não ser bruxo. Já sabíamos que não era economista, que nunca tinha trabalhado mesmo e que não era grande coisa. Tínhamos ainda a esperança de que fosse bruxo e que viesse a acertar nas previsões de crescimento para este ano, mas o próprio esclareceu ontem não o ser. Com estas declarações do chefe do governo abre-se um novo debate na opinião pública: afinal, o que é Pedro Passos Coelho?
Por H.G.P.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Era uma vez o corpo humano, quer dizer, mais ou menos...

Depois de ter posado nua numa sessão fotográfica plena de sensualidade e exotismo animal, José Castelo Branco, que é tão homem como qualquer outro - e ai do homem que duvide disso que ele faz-lhe logo um filho -, tem um novo programa de tv, no cabo - como ele gosta -, que se chama as "aventuras do Zé". Até aqui não se pode dizer que dê para o mundo acabar, a partir daqui é que a porca torce o rabo, ou como diz o famoso socialite, aí é que o rabo torce na porca. É que o programa é mesmo para ser visto, tem sponsors e, noblesse oblige, existência no espaço e duração no tempo. Ou é de mim ou toda a gente já viu o conde de todas as maneiras e feitios a fazer de todas as maneiras e feitios com câmara, luz e acção? Era mesmo necessário isto?! Pergunto?! Era?! (Pausa) Hum, parece que era! Então já não está cá o macho que falou! Pessoalmente, tenho muitas reservas em ver o programa do Zé... Tenho medo de engravidar! É por isso que também não vejo o Natal dos hospitais ou as emissões de domingo à tarde na tvi. É muito tempo seguido com as mesmas pessoas, fechados ali no programa, é praticamente impossível não haver um clima, um envolvimento... A meu ver, só há uma maneira em que ainda não vimos o José Castelo Branco: numa endoscopia! Para quando um reallity show do lado de dentro do Zé? Podia chamar-se: "Era uma vez o corpo humano, quer dizer, mais ou menos" e o promo podia ter imagens de um duende de barbas a passear no interior do corpo do conde. Imagino o texto: "14 órgãos fechados 24 sobre 24h entre quatro paredes abdominais, 617 câmaras e 222 microfones, 50 mil euros"! (Pausa) Isso sim! Isso é que dava share! Isso e a seguir um "Era uma vez o corpo humano, quer dizer, mais ou menos 2", só que com os órgãos do aparelho reprodutor. Mas calma, que a sociedade portuguesa ainda não está preparada para tudo! Calma! Eu sei que o freak show tem que continuar, mas algum tento, por favor!

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

"Levezinho" alinha de verdeazul-e-branco

O presidente do FC Porto e do Sporting Clube de Portugal, Jorge Nuno Pinto da Costa, revelou hoje que Liedson vai regressar a Portugal para jogar nos dois clubes em simultâneo até ao final da época. Segundo o líder máximo de leões e dragões, este facto é inédito, pois é a primeira vez que um atleta joga por dois clubes em simultâneo, adiantando que o "levezinho" vai alinhar de verde-e-branco nos jogos da Taça de Portugal, Taça da Liga e competições europeias, e pelo FC Porto no campeonato. Godinho Lopes, que é um senhor atarracado de gravata verde, que vive num camarote de Alvalade, e trabalha em bancos, já veio dizer que esta dupla contratação de Liedson mostra que a relação Sporting/Porto não é só vantajosa para os dragões, como se tem dito por aí, uma vez que o "levezinho" vai alinhar pelos leões em três competições, e apenas em uma pela equipa portuense. Entretanto, o ex internacional português, Luís Figo, já veio lamentar que no seu tempo este tipo de transferência não fosse possível, sublinhando mesmo que foi precursor nesta matéria, ao assinar em simultâneo pelo Parma, Juventus e Barcelona. Figo só lamenta não ter conseguido alinhar ao mesmo tempo pelo Real Madrid e Barcelona, como sempre sonhou.
Por H.G.P.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Vítor Gaspar sonha com bilhar às três tabelas do IRS

O ministro Vítor Gaspar, quem o diz é o ministro da economia do Canadá, Álvaro Santos Pereira, é um adepto do bilhar às três tabelas, querendo à força toda adaptar o imposto sobre o rendimento dos portugueses ao jogo preferido destes nos anos setenta do século passado. Com efeito, o IRS passou de um bilhar de oito bolas para um de cinco, mas o ministro das finanças não descansará enquanto não puder jogar às três tabelas com os rendimentos dos contribuintes.
Por H.G.P.

1.º aniversário

Hoje este blogue faz um ano de publicações diárias, muitas delas, infelizes e evitáveis. A todos os que o têm seguido as minhas desculpas e o meu obrigado sentido.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Faça férias em declarações de membros do governo

As reacções do governo às cenas que vão acontecendo, seja relatórios da troika, seja a revisão das funções do estado, são como o tempo nos Açores: no mesmo dia, temos as quatro estações do ano. Sobre o mesmo assunto, o governo dá-nos sol, chuva, frio, calor. Se há coisa a que este governo nos habituou, a rotina não foi de certeza uma delas. Nunca há uma reacção do governo, há várias. É uma espécie de vários governos: um de pequeno-almoço, outro de almoço, outro ainda para o lanche, mas, o meu preferido, é o governo after-height, que é aquele que faz à hora do telejornal o apanhado de tudo o que os outros disseram durante o dia, e tenta construir o fio condutor com fios d' ovos! É assim, cá há vários, na Grécia há meio, na Bélgica não há nenhum. São diferentes manifestações do mesmo regime! Pessoalmente, como gosto muito dos Açores, já marquei férias na suite presidencial das próximas declarações dos governos que governam o nosso país sobre mais cortes, que estão anunciadas para Fevereiro, que eu adoro levar com sol na eira e chuva no nabal e porrada nas ventas! Este governo faz-me lembrar um jogo de computador, cujo objectivo é subir e descer plataformas e aniquilar todos os ministros e secretários de estado que se encontrar pelo caminho. Cada jogador tem um número ilimitado de vidas e há os níveis inicial, intermédio e  avançado. O objectivo de qualquer jogador que se preze é chegar ao último nível, que é onde joga Relvas, um guerrilheiro impiedoso e impossível de eliminar.

sábado, 12 de janeiro de 2013

Autarca de Palmela pega a crise de caras!

Ana Sá dá sinal positivo em tempos de crise e reforma-se aos 47 anos!

Numa altura em que o país deprime com a crise, a presidente da câmara de Palmela, a comunista Ana Teresa Sá resolveu mostrar que é possível singrar, mesmo em tempos difíceis como os que se vivem hoje, e pediu a reforma. O gesto de rasgo, audácia e empreendedorismo vai valer a cabeça 1859,67€ mensais. Segundo fonte próxima da casa onde eu moro, e cuja água é muito fresquinha, este é um sinal muito positivo que a autarca dá contra a crise porque estão a passar aquelas pessoas que só se podem reformar aos 65 anos. Ana Sá ainda pensou em emigrar, caso a solução "reforma" não resultasse, mas acabou por desistir da ideia, pois ser comunista lá fora não dá tanto como por cá!
Por H.G.P.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Sucessivos pedidos de fiscalização sucessiva

Enquanto a oposição se refugia no álcool, entram por dia no Tribunal Constitucional meia centena de pedidos de fiscalização sucessiva, o que está a entupir os serviços. Segundo conseguimos apurar, o último pedido a dar entrada no TC foi o do novo presidente do Sporting Clube de Portugal, Jorge Nuno Pinto da Costa, que pediu a fiscalização sucessiva das pernas e estado de espírito de Izmailov. Pinto da Costa tem dúvidas acerca da constitucionalidade dos membros inferiores do jogador russo, sobretudo, em dias de jogo, e da força anímica do craque quando joga ao meínho com os colegas no treino, e não consegue tocar na bola.
Por H.G.P.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Gerard Depardiowsky pede nacionalidade coreana

Famoso actor assina pelo Mordóvia e diz que é do "clube" russo desde pequenino.

O actor russo Gerard Depardiowsky, ícone do cinema eslavo, causou sensação há poucos minutos ao admitir pedir a nacionalidade norte-coreana, caso o regime de Pyon Yang abra um regime fiscal de excepção para ele abaixo dos 13%. Em contrapartida, Depardiowsky promete dinamizar workshops de teatro na capital da república coreana e ajudar a mudar a imagem que os ocidentais têm da Coreia do Norte, um dos grandes objectivos políticos do líder Kim Jong Un, que é um querido. Entretanto, as vozes de contestação e repúdio contra esta atitude de Depardiowsky começam a ouvir-se em Moscovo, com as mais altas figuras do Kremelin a acusarem o actor de "traição à pátria". Entre os mais radicais já há mesmo quem lhe chame "rasputine", mas o actor nega sabe-se lá porquê em francês todas as acusações dos compatriotas russos,  diz que "Rasputine" é um "elogio para um russo", e adiantou mesmo que vai realizar uma sequela de "A casa da rússia" mas, desta vez, bem feito, protagonizado por ele e pela também actriz russa Brigitte Bardot nas vezes, respectivamente, de Sean Connery e Michele Pfeifer, que por não serem russos não transmitiram a verdadeira essência eslava, na opinião de Depardiowsky.
Por H.G.P.

sábado, 5 de janeiro de 2013

Governo privatiza TAP avião a avião

Executivo vende TAP aos bocadinhos

Depois de ter falhado a tentativa de privatização da TAP toda a um empresário brasileiro, o Estado Português tenta agora a venda da companhia aérea portuguesa aos bocadinhos, também a uma cidadã brasileira. Esta, uma ex-funcionária da embaixada portuguesa, reclama salários em atraso e accionou um processo contra o estado português e ganhou. Como consequência disto, um avião da TAP quase foi penhorado para garantir o pagamento das dívidas em questão, mas o governo português já veio dizer pela voz de uma contorcionista chinesa de 14 anos que tudo não passa de uma estratégia de negociação do executivo governamental para conseguir uma venda, avião a avião, com desconto de frota, da companhia aérea e que, na verdade, o avião quase penhorado se trata de um avião de serviço usado para test drives.
Por H.G.P.

Bíblia mete-se no barulho do OE

Texto Sagrado contra Texto Sagrado, um duelo de titãs...
 
Já não é a discussão do Orçamento do Estado para 2013, é o "barulho" do OE! Com efeito, o CDS acaba de propor que o texto do orçamento do Estado seja em forma de salmos, assim como o aumento das bem-aventuranças para 18, de maneira a combater o desemprego e a exclusão social. Estas são apenas duas das medidas apresentadas pelo grupo parlamentar do CDS, e que deverão ser discutidas em sede de um sítio qualquer, assim que se abra uma janela de oportunidade para o efeito. Estas medidas, contudo, estão a sofrer uma forte contestação por parte da Conferência Episcopal Portuguesa, que ameaça mesmo empurrar estas propostas do CDS com a barriga para um ermo e seviciá-las devidamente!
Por H.G.P.

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Fim do ano compensa fim do mundo!

O fim do mundo a sério foi um flop, de audiências e de tudo, mas o fim do ano não. Apareceu e foi à meia noite, como de costume, e não defraudou ninguém. A Sic e a Tvi tentaram o seu próprio fim do mundo com as emissões de fim de ano e, a meu ver, conseguiram! Teve tudo o que um fim do mundo tem de ter, sobretudo, ao nível da decadência e das explosões em vácuo. A todos, o meu muito obrigado por isso.
 
Este breve texto foi inspirado no adágio antigo: "Um fim do ano como deve ser vale mais que muitos fins do mundo fraquinhos!".

Nicolau Santos sob suspeita de ser outra pessoa...

PJ investiga os últimos 20 convidados do programa de Nicolau Santos, Expresso da Meia Noite, devido a "suspeitas".
 
A blague é o lead e o resto da notícia é só para encher o resto do chouriço. Segundo parece, os investigadores encontraram indícios, nas últimas duas dezenas de emissões, de "suspeitas"... Áh, é verdade, várias, "suspeitas" várias. Segundo conseguimos apurar junto de fonte policial, recaem ainda "suspeitas", lá está, sobre o apresentador, mas, neste caso, não são várias. Segundo a mesma fonte, que pediu para manter o anonimato, os investigadores têm dúvidas de que Nicolau Santos seja quem diz ser. As dúvidas dos inspectores sobre a identidade do conhecido apresentador começaram no papillon do jornalista, mas também no tipo de perguntas por aquele colocadas aos entrevistados. A mesma fonte disse baixinho ao nosso ouvido que a PJ acha que Nicolau Santos não é quem diz ser, e que será, afinal, ou Baptista Bastos, ou uma reincarnação de Churchill. Ah, afinal havia mais uma piada reservada e esta é também a minha prendinha para quem acreditou neste pequeno texto até ao fim.
Por H.G.P.