quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Chorar a rir...

Se você é mulher e acha Kim Jong-Un o homem mais sexy do mundo, então você está a falar chinês! Perdida? É normal. O que se passou foi o seguinte: o jornal satírico norte-americamo "The Onion" elegeu o líder norte-coreano como o mais sexy de 2012, mas era tudo... a reinar. Até aqui tudo bem, só que a versão inglesa do jornal do partido comunista chinês, People's Daily, pouco dado ao humor e à ironia, não percebeu o teor jocoso e satírico da notícia e toca a publicar, no seu próprio jornal, uma notícia de regozijo por esta boa notícia. Afinal, devem ter pensado os editores do jornal, não é todos os dias que um político, para mais, coreano, é eleito o homem mais sensual do mundo. Para mim, que estou atento a estas coisas da moda e da beleza, já há muito que aprecio a beleza dos líderes políticos asiáticos. Mas isso sou eu que gosto de passar o reveillon em Nova Yorque e levar pessoas mais velhas comigo. Para mim, poucos homens atingiram o grau de perfeição física e os índices de charme de um Mao Tse Tung ou de um Deng Xiau Ping. Ainda assim, só há um homem que atinge um tal grau de perfeição: PSY, o famosíssimo rapper sul coreano (só aqui "rapper sul coreano" desconcerta uma pessoa), autor do hit Gangnam Style. Aliás, PSY e Kim Jong-Un parecem-se enormemente, quanto ao físico, e quanto ao estilo. Um, o líder político, adora montar a cavalo, o rapper adora dançar como um. Se algum dia se juntam os dois, vai ser um rodeo! Uma coisa é certa, o "The Onion" arranjou lenha para se queimar, porque com a beleza das pessoas não se brinca: era como se agora o nosso "inimigo público" elegesse o Arménio Carlos o homem mais bonito do mundo e o Avante publicasse uma nota a dar conta disso mesmo e de quanto isso enchia toda a margem sul de alegria e felicidade. Era como arranjar um exemplar do the onion para chorar a rir... Ah não percebem a piada? Pois tivessem estudado ou, pelo menos, não tivessem votado em Sócrates.
 
Crónica humorística para quem sabe ou inglês ou para quem acha quer sabe

Um comentário:

  1. Pois, parece que me amigo sabe o efeito de certas cebolas... miúdo, maravilhoso! Dá-lhe, que eu cá fico á espera... Beijinhos.

    ResponderExcluir