terça-feira, 18 de setembro de 2012

Jardim ao espelho!

Que Alberto João Jardim é um animal de palco, ao nível, por exemplo, de um Quim Barreiros,  já toda a gente sabia... O que nem toda a gente conhecia era o seu lado mais púdico. Confrontado com a manifestação do passado dia 15 na Madeira, o presidente do governo regional foi bem claro quando disse que ele próprio só não saiu à rua por decoro institucional... Desconhecia-se, lá está, a sensibilidade de Jardim para o decoro, quanto mais para as diferentes matizes deste sentimento tão casto, quanto singelo, nomeadamente, a sua sensibilidade para o pundonor institucional... Se esta donzela, até agora disfarçada de homem duro e arruaceiro, não fosse tão ciosa das suas funções oficiais, teríamos podido assisitir a mais um fenómeno da ordem do outro mundo na Madeira: Jardim, na rua, a vociferar contra Jardim, ou, noutra formulação possível, o PSD na rua a vociferar contra o PSD... E anda um gajo para aqui preocupado a inventar fórmulas humorísticas e imagens engraçadas!... Não vale a pena!

Nenhum comentário:

Postar um comentário