terça-feira, 29 de maio de 2012

Para reflectir e chorar por mais...

Agora que já sabemos que as crianças africanas são crianças de 1.ª e que as crianças gregas, apesar de dormirem no berço da civilização ocidental e assim, são crianças de 2.ª e que, provavelmente, as crianças portuguesas são de 3.ª, que tal a senhora do FMI usar adesivo de 1.ª - para não aleijar - na boca sempre que quiser dar opiniões sobre coisas?! Deixo aqui esta questão, em jeito de proposta, mas que é na verdade um pensamento, daqueles que espero um dia figure em copinhos de saquê, ladeando com vultos como Confúcio. Só é pena esta Christine não ter taras comó outro, porque Nova Yorque é uma cidade cheia de potencialidades, mesmo para pessoas como ela...

Nenhum comentário:

Postar um comentário